(11) 3331-4781 |3221-8269 falecom@vistoriabrasilcentro.com.br

 Confira cinco dúvidas dos motoristas na hora de passar por uma vistoria:

Confira cinco dúvidas dos motoristas na hora de passar por uma vistoria

Listamos as principais dúvidas dos motoristas ao passar por uma vistoria. Prevista em lei no Código de Trânsito Brasileiro de 1997, a inspeção veicular segue como tema de debate entre o poder público e a sociedade civil. Em dezembro de 2017, o CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito) estabeleceu a obrigatoriedade da prática em todo o país até 2020.

Confira também no Vistoria Brasil Centro: Laudo de Vistoria ECV no Centro de SP

Contudo, menos de seis meses depois, o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) suspendeu a medida por tempo indeterminado. O fato apenas ilustra a importância que o tema possui – afinal, é essencial ter o carro avaliado para evitar problemas futuros e até para conseguir o melhor preço na hora de vendê-lo. Mas você sabe o que é avaliado em uma inspeção?

A documentação está em ordem?

Antes de começar a avaliação do automóvel, é necessário fazer a checagem de todos os documentos relativos ao veículo. A quitação do IPVA, licenciamento, RENAVAM e até possíveis multas em aberto são levantados pela empresa responsável. Qualquer débito ou problema impede que a inspeção seja realizada. Portanto, regularize toda a documentação necessária e conte com o apoio da tecnologia para isso – “nosso app checa todas as informações para você em segundos fazendo todo o checklist para essa etapa”.

O carro passou por mudanças?

A inspeção também busca levantar tudo o que aconteceu com o veículo e se ele passou por transformações em comparação ao padrão da montadora. Histórico de acidentes, manutenção, vistorias, revisões realizadas, troca de equipamentos, avarias e até mesmo se ele sofreu com enchente ou não são fatores observados neste ponto. Todos esses itens interferem não só no preço como também no funcionamento do veículo. Da mesma forma que na documentação, e nossa plataforma de tecnologia consegue reunir todas essas informações em um único local com rapidez e segurança.

A iluminação e a elétrica estão funcionando?

Você sabia que existe cerca de um quilômetro de fios dentro do seu automóvel? Eles são os responsáveis por garantir que o sistema elétrico funcione de forma adequada, o que inclui a iluminação, a bateria ignição e acessórios. Essa parte é fundamental porque é a que garante a faísca que dá início à queima de combustível dentro de cada cilindro. Com relação à luz, há testes específicos que verificam a regulagem do farol e a comutação de luz e se está funcionando adequadamente.

Os pneus e rodas atendem as normas?

Além da iluminação, também há uma preocupação específica com os pneus, principalmente com a instalação das rodas, calotas e parafusos. Com relação aos pneus, há a checagem da quantidade do material “TWI” que chegando no seu mínimo te obriga a troca imediata. Uma dica para você controlar isso é acompanhar, nos pneus mais atuais, algumas marcações para que você acompanhe visualmente essa medida, assim o seu veículo fica com os pneus dentro da regulamentação de segurança e não fiquem “carecas”. Por fim, os estepes e as ferramentas que auxiliam a troca também são analisados.

O automóvel respeita a legislação ambiental?

Por fim, há também testes que avaliam o impacto ambiental do carro. Cada marca e modelo possui uma porcentagem emitida de gases do efeito estufa e é preciso seguir esse índice à risca para não comprometer a camada de ozônio e piorar a poluição atmosférica. Há discussões no Congresso Federal para estipular limites na emissão de CO₂ e o próprio governo federal estipulou a redução da poluição atmosférica a partir da frota de veículos como um dos pilares do Acordo de Paris, tratado internacional para conter o aquecimento global.

Fonte original do textoTerra – https://www.terra.com.br/noticias/dino/cinco-pontos-que-sao-levados-em-consideracao-durante-a-inspecao-veicular,ed845959402e83d8fcfda6cf1d48c428por1iaz8.html

Open chat
Powered by